Marcha da Maconha – Brasil 2008 » Blog Archive » Algumas palavras sobre a Marcha da Maconha no Rio de Janeiro

0

Os vídeos e fotos da Marcha da Maconha que se encontram neste blog dizem bem mais com suas imagens e sons do que poderíamos dizer com palavras.

A Marcha ganhou realmente a mídia escrita, falada, televisada e internética, começando cerca de um mês atrás com uma matéria no Jornal do Brasil. O evento transcorreu em paz, e certamente cerca de mil pessoas participaram, embora a polícia tenha estimado em 300 participantes.

Gostaríamos de ressaltar a participação do Claudio Nascimento da ONG Arco-?ris, a comunidade gay trazendo sua solidariedade e experiência em apoio ao nosso movimento, como também do É de Lei, que distribui um cartaz dizendo “A pior droga é a discriminação”. O pessoal de Juiz de Fora também esteve presente com o adesivo muito bem bolado “Legalidade ainda que Tardia”. E nosso convidado de honra, o deputado estadual Carlos Minc, secretario estadual de meio-ambiente, abrilhantou o evento com seu discurso certeiro e grande entusiasmo. Ah, um aspecto curioso foi a polêmica em torno do uso da imagem do Cristo no logo da Marcha e os grupos religiosos que se mobilizaram contra o movimento, divulgando informações absurdas, como a de que o consumo de cannabis aumentou 400% com a tolerância na Holanda e que a maconha é responsável por 25% das internações em clinicas européias. Essa polêmica foi levantada pelo jornal Extra em matéria de capa, publicada junto com nosso desmentido de qualquer associação religiosa do Cristo Redentor com a Marcha – o que não foi suficiente para acalmar grupos religiosos que começaram a se sentir ofendidos a partir de então.

E outro fato curioso que foi a crítica do prefeito Cesar Maia em seu blog, que acabou servindo para divulgar ainda mais a Marcha. Hahaha. O homem dos ‘fascistóides’, ou melhor, dos ‘factóides’ se deu mal a ponto de ter encerrado seu blog:

Cesar divulga Marcha da Maconha

Rodrigo Camarão, Agência JB

RIO – O prefeito Cesar Maia tentou criticar a caminhada organizada por usuários da erva, mas acabou divulgando a Marcha da Maconha em seu ex-Blog de hoje. Irônico, o prefeito conclama traficantes a se unirem. Dá a data, hora e local do evento, domingo na Zona Sul. Cesar ainda divulga o site da marcha, onde pode-se baixar máscaras de apoiadores da descriminalização da maconha, como Fernando Gabeira, Marcelo D2 e o governador Sérgio Cabral.

*********************************************

Por fim, valeu a aceitação das diferenças, o clima de tolerância e o fortalecimento da luta para acabar com o estigma e o preconceito contra os consumidores de drogas ilícitas. Um dia de manifestação popular nas ruas é formação de cidadania e de consciência política na veia. Acreditamos que conseguimos isso.

Estão de parabéns todos os ativistas que se mobilizaram neste final de semana passado para este evento internacional em todos os lugares do Brasil e do mundo, já recebemos noticias e fotos de Marchas em diversas regiões do planeta, nem sempre positivas, como em Moscou onde várias pessoas foram detidas, e em Kiev, onde houve confronto com a polícia.
Organização da Marcha da Maconha