Marcha da Maconha – Brasil 2008 » É crime fazer apologia da maconha

0

É crime fazer apologia da maconha, e não é essa a nossa intenção. Mas a realidade é que cresce cada vez mais o consumo dessa planta e, portanto, não adianta ser hipócrita e não falar abertamente desse assunto – deixar de fazer o único trabalho de prevenção possível: educar sem contar mentiras.

Neste exato momento milhares de pessoas estão fumando em toda parte e, se a polícia fosse se dedicar a todas elas, não teria tempo para cuidar de nenhum outro crime, dos verdadeiros crimes, daqueles dignos desse termo: assassinatos, roubos, estupros, corrupção, seqüestros, violência. Sabe-se que a polícia perde um tempo enorme desde a detenção de uma pessoa com maconha – às vezes apenas com um simples baseado ou bagana -, até terminar de preencher toda a papelada na delegacia para que o “maconheiro? compareça mais tarde ao juizado – que por sua vez tem coisas mais urgentes pra julgar.

Os apreciadores e defensores da cannabis são pessoas iguais a você, cidadãos de bem que zelam por suas famílias, trabalham e pagam impostos. A maconha não torna a pessoa violenta, muito pelo contrário. Seus usuários são indivíduos que respeitam o direito alheio e querem ter seus direitos respeitados, como lhes garante a constituição brasileira.

Com a nova lei, esperamos que o consumidor nunca mais seja levado para uma delegacia. É uma perda de tempo e dinheiro, uma violação das liberdades individuais, além de falta de educação e de civilidade. Quando a população vai acordar para o absurdo da proibição da cannabis?