Marcha da Maconha – Brasil 2009 » STJD repudia retirada da maconha das substâncias consideradas doping

0

do Cidade do Futebol

O presidente da entidade afirmou que para que a maconha deixasse de ser doping, primeiro é preciso que se mude a lei, uma vez que ela é considerada uma droga

Na última semana, o pedido da Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro) solicitando a retirada da maconha da lista das substâncias consideradas doping causou polêmica.

No Brasil, Rubens Approbato, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), se disse contrário à retirada da substância daquilo que é considerado doping e mostrou repudia à proposta.

Em nota, a FIFPro ressalta que a substância traz prejuízos ao invés de benefícios. No entanto, a Wada, que gere a questão do doping para Fifa, publicou a lista de substâncias proibidas para 2010, incluindo a maconha.

Apesar da defesa da tese da FIFPro, o presidente do STJD, licenciado por questões médicas, acredita que a questão vai além. “A maconha é considerada droga e para deixar de ser dopante teríamos que mudar a lei primeiro”, afirmou Approbato, ao portal Justicadesportiva.com.br.